Mais uma vez a empresa buscou surpreender nos processos de criação, brincando com os materiais e apostando em uma moda diferente.

Ao mesmo tempo em que sugere muita ação, a inspiração 2020_I remete ao lúdico. Influência do Salão Inspiramais, o conceito PLAY se abre em duas direções: uma maneira divertida de interpretar a moda e o impulso necessário para conectar o presente ao futuro. Segundo Uana Gaspar, gerente do setor comercial da Colorgraf, é com essa dinâmica que a Colorgraf apresentou os produtos desenvolvidos para a coleção na 43ª Fimec – Feira Internacional de Couros, Produtos Químicos, Componentes, Máquinas e Equipamentos para Calçados e Curtumes.

A gerente conta que o setor de desenvolvimento da empresa explorou elementos inovadores e processou uma alquimia a partir de referências do Salão Inspiramais e das “Relações Convergentes”, tema do projeto Estúdio FIMEC. Dentre as tendências, explica Uana Gaspar, a palavra Resistência continua influenciando as criações da temporada. Resistir para manter o que amamos, acima de tudo. Produtos com forte identidade folclórica, traços barrocos e apelo exagerado. Destaque para volumes, bordados e tiras.

A Colorgraf mais uma vez buscou surpreender nos processos de criação e promove um novo pensar, afirma a gerente comercial da empresa. O resultado de tanta pesquisa e desenvolvimento pode ser conferido nas etiquetas 3D para sapatilhas e roupas em geral, gáspeas frequenciadas, peças em sublimação e transfers de alta durabilidade para chinelos, tênis e slides e também de recorte com muito brilho. Ainda fazem parte dessa alquimia criativa as capas de saltos, etiquetas 3D resinadas e peças técnicas em PVC plastificado.

Dentro de uma perspectiva de liberdade, a empresa deu uma atenção especial para a questão da “reconfiguração” nos lançamentos 2020, complementa a gerente Uana Gaspar, que ainda lembra citação do estilista e designer Walter Rodrigues sobre o conceito PLAY: “A reconfiguração será muito importante. As peças precisarão contar com divergências de estampas e texturas, além de tecidos diferentes e desconstruídos. A ideia é literalmente brincar com os materiais e apostar em uma moda completamente diferente.”

Foi dado o PLAY e a Colorgraf apresentou na feira as novidades no seu portfólio, além dos processos consolidados que integram valores tradicionais e culturais, gerando desde produtos funcionais a brilhos e metalizados, afirma Uana Gaspar, gerente do setor comercial, que reconheceu na Fi mec uma grande oportunidade para apresentar ao mercado toda a estrutura da empresa, especialmente em termos de produtos e serviços. “Temos um amplo portfólio destinado ao setor calçadista, com a melhor tecnologia e produtos inovadores”, finaliza.

Sobre a Colorgraf

Empresa nacional do segmento gráfico, a Colorgraf iniciou suas atividades em 1993. Desde então, impulsionada pelos investimentos em gestão e tecnologia, vem crescendo e ampliando seu mix de produtos para suprir o diversificado mercado que atende.
A atuação da empresa alcança atualmente toda a América Latina e Rússia, com plantas industriais localizadas em Novo Hamburgo/RS e Itapetinga/BA. A Colorgraf ainda dispõe de um escritório comercial na cidade de São Paulo/SP.

Fonte: ACI/NH